• Natália Queiroz

Dia mundial da criatividade: como criar ambientes de trabalho mais criativos.

Atualizado: 19 de abr.

Em 2017, a ONU reconheceu o dia 21 de abril como o Dia Mundial da Criatividade e Inovação.

A ideia de celebrar um dia específico para a criatividade teve como objetivo conscientizar a importância dessa competência nos mais diversos aspectos do desenvolvimento de uma pessoa.

E hoje falaremos mais especificamente do desenvolvimento do profissional no trabalho.

Primeiro, vamos definir o que é a criatividade!

Muitas pessoas não se veem como criativas porque enxergam a criatividade como um dom com o qual você nasceu. Mas a grande verdade é que a criatividade é o ato de criar algo, e todo mundo cria coisas o tempo todo!

Temos alguns diferentes tipos de criatividade que surgem em contextos diferentes e tem impactos diferentes na nossa vida:

1. Criatividade natural

É a criatividade natural das crianças. Elas conseguem ser espontâneas porque têm o espaço para serem criativas sem repressão e com liberdade para errar.




2. Criatividade funcional

É a criatividade que nasce da necessidade. Ao nos depararmos com um problema e com as limitações do dia a dia, utilizamos as ferramentas à nossa disposição para solucioná-lo.


3. Criatividade profissional

A criatividade profissional surge dentro do ambiente de estudo ou trabalho. É o momento que conectamos nossa bagagem profissional com nossa vivência pessoal para trazer soluções inovadoras e criativas.


A criatividade no ambiente do trabalho

Em 2020, o Fórum Econômico Mundial no relatório “The Future of Jobs 2020” estimou que até 2025, cerca de 85 milhões de empregos podem ser substituídos por alterações nas relações de trabalho entre humanos e máquinas.

E os profissionais que não serão substituídos pela tecnologia são os profissionais que realizam trabalhos criativos. Não por acaso a criatividade saltou da 10ª para a 5ª posição das habilidades mais demandadas entre profissionais nas últimas décadas.

E não estamos falando apenas de atividades relacionadas à arte. Estamos falando de profissionais, que dentro de sua área de atuação, conseguem atuar com autonomia, empatia e criatividade para realizar seu trabalho e solucionar os desafios do dia a dia.

E as empresas desempenham um grande papel para estimular a criatividade de seus colaboradores.

Como criar ambientes mais criativos

Ter um ambiente que estimula a criatividade é essencial para empresas que buscam ser inovadoras. Muitos profissionais com excelentes ideias podem decidir não compartilhá-las caso se sintam desestimulados pela empresa. Por outro lado, colaboradores que sentem segurança para serem criativos em seu ambiente de trabalho, além de entregar melhores resultados, se sentem valorizados e reconhecidos.

Confira algumas dicas de como criar um ambiente mais criativo e consequentemente uma cultura de inovação:

  1. Contrate um time diverso. A inovação é feita a partir da conexão de diferentes ideias para criar algo novo e diferenciado. E a melhor maneira de ter muitas ideias é ter pessoas diferentes pensando juntas.

  2. Tenha um espaço físico propício para colaboração. Use e abuse de salas coletivas para momentos de colaboração e evite separar fisicamente os colaboradores no dia a dia de trabalho. No trabalho remoto, proporcione momentos de colaboração por meio de ferramentas existentes como Gather, Miro e outros.

  3. Monte times multidisciplinares (squads) para trabalhar em projetos diferentes. O ideal é ir alterando a formação das squads, para que os colaboradores consigam trabalhar com pessoas diferentes ao longo do tempo.

  4. Dê flexibilidade aos seus colaboradores. Pessoas que trabalham com autonomia e flexibilidade conseguem se sentir mais produtivos e confiantes no dia a dia de trabalho. Evite o micro gerenciamento da rotina do seu time.

  5. Crie uma cultura de tolerância ao erro. A inovação não é uma ciência exata! É necessário ter ideias diferentes e a coragem de lançá-las ao mundo. E com isso naturalmente vem o erro! Empresas tolerantes ao erro preparam seus colaboradores para errar mais rápido, aprenderem com erro e otimizarem o processo constantemente.

Troque algumas reuniões tradicionais por sessões de ideação e veja a criatividade e motivação do seu time crescerem

Sua empresa está passando por um problema e precisa de uma solução para resolvê-lo? Que tal trocar aquela reunião onde os colaboradores assistem passivamente por uma sessão de ideação? Confira alguns pilares para uma boa sessão:

  1. Chame o cliente / usuário para a mesa. Se você está desenvolvendo uma solução para um grupo de pessoas, nada melhor do que ter um representante desse grupo ideando junto com vocês.

  2. Lembre-se que a criatividade parte da conexão de repertórios, então construa sobre as ideias dos outros. Quanto mais diversidade no time, melhor!

  3. O melhor jeito de ter boas ideias é ter MUITAS ideias! - Quantidade acima de qualidade, quanto mais melhor!

  4. Na hora da ideação não existem ideias ruins. Dê ideias sem medo, julgamentos ou críticas não são permitidos!

  5. Dê espaço para ideias malucas, só assim você e seu time conseguirão sair da caixinha para inovar na solução.

  6. Saia do computador!.Embora a Internet e as mídias sociais sejam excelentes ferramentas de repertório e colaboração, é importante também se afastar da tela e mergulhar no trabalho físico real. Utilize post-its, canetinhas e papéis. Caso seu trabalho seja remoto, utilize ferramentas como o Miro para colaborar em tempo real.

Ambientes criativos vão muito além do título dos profissionais da empresa. É responsabilidade dos gestores e alta liderança criarem um ambiente de trabalho propício à inovação que faça as pessoas se sentirem cada vez mais incríveis.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Criamos ambientes de trabalho incríveis baseados em uma 
cultura de valorização e reconhecimento de pessoas

Somos uma plataforma gamificada de reconhecimento de colaboradores, com um marketplace de recompensas flexiveis, para apoiar empresas em seus desafios de engajamento e motivação no trabalho.